Iluminismo e Sociedade de Antigo Regime

Iluminismo Contexto Histórico

O Iluminismo e o contexto da Sociedade de Antigo Regime é um tema importantíssimo. Preste atenção nesta informação. Há mais de 300 anos atrás um conjunto de homens estava muito à frente de seu tempo. Eles criaram ideias políticas, econômicas, jurídicas e sociais que são a base do mundo moderno, o chão que nós pisamos hoje, agora.

Na maior parte do mundo ocidental vigoram os princípios da liberdade de expressão, da liberdade política, da tolerância religiosa, da participação política do povo e há uma grande preocupação em se combater as injustiças e desigualdades sociais. Mas nem sempre isso foi uma realidade.

Na verdade o que predominava era a total falta de liberdade, ausência de qualquer tipo de liberdade. É sobre tudo isso que eu vou falar a partir de agora.

Iluminismo, também é conhecido como Ilustração ou Século das Luzes.

A imagem em destaque na aula de hoje apresenta uma lâmpada, que por sua vez é muito utilizada para simbolizar o desenvolvimento de novas ideias. A Lâmpada é um símbolo, uma alegoria para a criatividade.

Os filósofos iluministas diziam que as ideias trazidas por eles tinham o objetivo de iluminar a sociedade europeia dos séculos XVII e XVIII. As novas ideias trazidas pelos filósofos iluministas iriam tirar a sociedade das “trevas”, da escuridão representada pela Sociedade do Antigo Regime.

Iluminismo Definição

Eu vou começar a aula com uma definição parcial de Iluminismo. Nós podemos definir o Iluminismo como um movimento filosófico que teve como principal antagonista, como principal oponente a Sociedade de Antigo Regime.

Sociedade de Antigo Regime é uma expressão muito utilizada pelos historiadores para fazer referência a uma forma de organização política, econômica, social e cultural que existiu na Europa entre os séculos XV e XVIII.

As principais características da Sociedade de Antigo Regime são o Absolutismo, o mercantilismo, a Sociedade Estamental e a Influência Cultural da Igreja Católica. Ou seja, Sociedade de Antigo Regime é tudo isso ao mesmo tempo. Agora vamos analisar cada um destes elementos separadamente.

Absolutismo

No campo político a principal característica da Sociedade da Antigo Regime era o absolutismo, o poder político estava concentrado nas mãos do rei. O rei exercia o Poder Executivo, Legislativo e Judiciário. O rei era o Senhor da Guerra, o rei era o Senhor da Justiça e ainda possuía autoridade religiosa.

Na teoria o rei tinha todos os poderes concentrados em suas mãos. Mas na prática existiam inúmeros limites ao poder do rei. Ele não poderia governar sem o apoio da nobreza, sem o apoio do clero e sem o consentimento popular. Mas dominava nesta época a ideia de que o poder do rei tinha origem na vontade de Deus. Ou seja, a Teoria do Direito Divino dos Reis fazia destes homens pessoas com poderes quase ilimitados.

E obviamente, discordar politicamente do rei ou criticá-lo em público resultava em morte liquida e certa

Sociedade Estamental

A segunda grande característica da Sociedade de Antigo Regime era o fato dela ser uma Sociedade Estamental. Isso significa que a condição do indivíduo era determinada desde o nascimento e também por privilégios adquiridos hereditariamente, passados de pai para filho, de geração em geração.

A Sociedade Estamental pode ser definida como aquela em que as hierarquias sociais eram estabelecidas de forma privilegiada desde o nascimento do indivíduo. Ou seja, se você nascesse nobre você viveria e morreria nessa condição e com todos os privilégios que vinham junto com ela. O mesmo acontecia com o servo. Mesmo trabalhando e possuindo talentos ele morreria na condição de servo e com toda a carga de exploração e desrespeito que recaia sobre este grupo social.

A Sociedade de Antigo Regime era extremamente opressora. Você deveria simplesmente obedecer às regras sociais que eram transmitidas de geração em geração. Caso um nobre e um servo cometessem o mesmo crime, eles seriam julgados com leis completamente diferentes em função dos privilégios do nobre em relação ao servo e ninguém poderia questionar ou recusar estas diferenças sociais.

Influência da Igreja Católica

Na Sociedade de Antigo Regime havia uma profunda influência da Igreja Católica. As ideias religiosas impediam e combatiam o desenvolvimento da técnica e da ciência. A Sociedade de Antigo Regime era extremamente influenciada pelas ideias e explicações religiosas.

Tratava-se de uma igreja que era muito rica, proprietária de inúmeras terras e que ainda exercia uma grande influência sobre o pensamento de toda população. E, sobretudo, estamos falando de uma Igreja que auxiliava o rei na sustentação do seu poder político e, que por isso mesmo, tinha a capacidade de influenciar as decisões de governo da monarquia.

Mercantilismo

E, por último, temos a forte presença do Mercantilismo na Sociedade de Antigo Regime. O Mercantilismo era um conjunto de práticas econômicas caracterizadas pela intervenção do Estado na Economia e pelo estabelecimento de monopólios comerciais.

Ou seja, não havia liberdade comercial. Todos deveriam obedecer as regras econômicas estabelecidas pelo rei. Regras econômicas que tinham como único objetivo deixar o rei e seu exército mais forte, além de sustentar o luxo e os privilégios sociais do Clero e da Nobreza.

Portanto, de agora em diante, toda vez que você encontrar a expressão “Sociedade de Antigo Regime” saiba que trata-se da conexão de todas estas características simultaneamente. Ou seja, Sociedade de Antigo Regime foi a união do Absolutismo, da Sociedade Estamental, do poder cultural da Igreja Católica e do Mercantilismo na Europa entre os séculos XV e XVIII, tudo isso acontecendo ao mesmo tempo.

E o mais importante de tudo. O Iluminismo vai combater todas as características desta organização social. Durante a Revolução Inglesa e Revolução Francesa a Sociedade de Antigo Regime foi colocada no chão, foi destruída em suas características fundamentais.

Em outras palavras, se você quiser entender a Revolução Inglesa e a Revolução Francesa você tem que entender o funcionamento da Sociedade de Antigo Regime e as novas ideias trazidas pela filosofia iluminista.